Não há presente sem passado

Entre em contato

Chicago. Metro.

Novos e antigos edifícios convivendo lado a lado. Um metrô cujas estações desenham veias abertas desde o ponto mais central da cidade até os mais diversos bairros que se possa imaginar. A estrutura de metal, suspensa, permite a automóveis e transeuntes circularem livremente, abrigados da neve, do frio e do vento gelado que espreita em cada esquina. Um cenário difícil de descrever, mas cuja beleza  nos cativa e seduz a cada descoberta. Um acidente dramático marcou este ponto do metrô (no segundo plano, o Instituto de Artes do estado de Illinois), em 1977, quando um dos trens descarrilhou, desabando sobre as calçadas. Muitos mortos e danos materiais resultaram do episódio. Hoje, barras de aço formam um poderoso muro de contenção.