Uma obra prima de Sílvio Tendler

Entre em contato

“Privatizações a distopia do capital”

Sílvio Tendler nasceu em 1950. Em 1970, saiu do Brasil e foi viver no Chile, e de lá foi para a França. estudar cinema no Institut des Hautes Études Cinématographiques (IDHEC), em Paris. Fez cursos do. Em 1976 começou a reunir material para o documentário Os anos JK, uma trajetória política (1980, vencedor do prêmio de melhor montagem no Festival de Gramado e ganhador do troféu Margarida de Prata, da CNBB. Em 1992, atuou na direção da minissérie de sucesso Anos Rebeldes, da Rede Globo. Em 2004, realizou a biografia Glauber, o filme – Labirinto do Brasil, filme selecionado para exibição hors concours no Festival de Cannes. Em 2009, lançou Utopia e Barbárie, projeto que levou 19 anos para ser completado, com material filmado em mais de 13 países. Em 2010, dirigiu Tancredo, a travessia, documentário sobre o ex-presidente Tancredo Neves, completando sua trilogia de documentários biográficos de estadistas brasileiros. Em 2005, recebeu o Prêmio Salvador Allende no Festival de Trieste, Itália, pelo conjunto de sua obra. Foi presidente da Federação de Cineclubes do Rio de Janeiro e da Associação Brasileira de Cineastas. Atuou ainda como diretor da TV Brasília e como secretário de cultura e esporte do governo Cristóvão Buarque, em Brasília. Em 1997, assumiu a Coordenação de Audiovisual para o Brasil e o Mercosul, da Unesco, onde permanece como consultor na área. Deste 1978, leciona no curso de comunicação social da PUC-Rio.

Filmografia selecionada:
• Tancredo, a travessia (2011)
• Utopia e barbárie (2009)
• Memória do movimento estudantil (2007)
• Encontro com Milton Santos: O mundo global visto do lado de cá (2006)
• Glauber, o filme – Labirinto do Brasil (2004). Prêmio de melhor filme pelo júri popular e pelo júri da crítica do Festival de Brasília. Seleção oficial hours concours do Festival de Cannes.
• Marighella – Retrato falado do guerrilheiro (2001)
• Castro Alves – Retrato falado do poeta (1999)
• Josué de Castro, cidadão do mundo (1994)
• Jango (1984). Prêmio Especial do Júri, melhor filme do Júri Popular e melhor trilha sonora do Festival de Gramado. Prêmios especiais dos júris do Festival de Havana e do Festival Internacional Del Nuevo Cine Latinoamericano de Cuba.
• O mundo mágico dos Trapalhões (1981)
Os anos JK – Uma trajetória política (1980) . Prêmio Especial do Júri e Prêmio de Melhor Montagem no Festival de Gramado.
Fonte: http://www.filmeb.com.br/quemequem/html/QEQ_profissional.php?get_cd_profissional=PE436

topo_logo